Notícias

PROVE – Promover e Vender

prove_top-e1503530089727

O PROVE é um projecto que nasceu há 10 anos em Sesimbra e consiste no escoamento de produtos locais (legumes, frutas e outros produtos biológicos) em forma de cabaz. O consumidor pode assim escolher aquilo que gosta mais e leva todas as semanas um cabaz para casa cheio de produtos seleccionados, frescos e de alta qualidade.

O 107 quis ajudar este projecto e tornou-se assim um ponto de entrega dos cabazes. Todas as quartas-feiras – das 16h30 às 19h30 – a nossa sede está aberta para quem quiser recolher o seu cabaz (pesam entre 6 a 8 kg e custam 11,00€). Para poderem saber mais sobre o PROVE e inscreverem-se no mesmo (há vários pontos de entrega espalhados pelo país) basta aceder ao site http://www.prove.com.pt/www/index.php.

 

 

Rally Paper – Tribo de Escoteiros

PESSOAL!

Temos um desafio para vocês: que tal participar num Rally Paper preparado pela Tribo Korowai? É divertido, desafiador e ainda ajudam a Tribo a angariar fundos para futuras actividades!

Para tal basta inscreverem-se até dia 31/05, podem juntar uma equipa até 5 pessoas e levar um carro.

O resto das informações seguem no cartaz.

Contamos com a vossa presença!!!

Cartaz Final IMG 4

Peddy Paper – Tribo de Exploradores

17549115_10154426894697944_1439093656_o
O período Heian voltou a ganhar vida no fim de semana do Dia do Pai, com um Peddy Paper organizado pela Tribo Kazakh! Cada equipa teve que mostrar as suas habilidades samurais para conseguir ser eleita a governadora desta época. Para tal, tiveram de superar os adversários em cada desafio, entre eles rappel, tiro com arco, desenho, técnicas de campo e dança! Depois de muito suspense, hoje é o dia em que lançamos os grandes resultados finais – estas pontuações são o somatório das respostas dadas nos roadbooks juntamente com a pontuação dos postos.
Antes de anunciarmos a equipa vencedora, gostaríamos de agradecer (arigatô!!!) a todas as equipas pela participação. Esperamos por vocês numa próxima actividade!
E agora os vencedores! A família que irá governar este período é… (rufos de tambores)

– COSTA MOREIRA GONÇALVES – 270 PONTOS!!!
– Dream Team – 263 pontos
– Alice Team – 260 pontos
4º - Kreutz Team – 255 pontos
5º - Magalhães Team – 252 pontos
– Grupo Xilofone – 251 pontos
– Team Massano – 243 pontos
– Guerra Cruz Team – 210 pontos

BRAVOOOOO a todas as equipas e esperamos pela equipa vencedora para entregar o grande prémio!

Aniversário de Grupo 2017 – 33 anos

P1080739

No passado dia 26 de Fevereiro, o nosso grande Grupo 107 comemorou os seus 33 anos! Mais um ano passou, não deixando de ser um aniversário igualmente especial. Para tal comemoração realizámos uma actividade que decorreu no fim de semana, 25 e 26 de Fevereiro.

Tudo começou no sábado de manhã onde os elementos do Grupo formaram patrulhas novas que simbolizavam as primeiras patrulhas do 107. Estas, durante o dia, estiveram a procurar as origens e a história do 107 por Cascais, através de jogos físicos e mentais. Durante a manhã e a tarde, as equipas mostraram-se bastante competitivas, mas os verdadeiros campeões foram a Patrulha Gaivota! BRAVO, GAIVOTAS!

Pela noite, tivemos um momento entre todos onde houve a oportunidade de mostrar toda a nossa criatividade e espírito de Grupo!

No domingo, realizámos as habituais cerimónias e o devido banquete!

Parabéns: Abelha, Coruja e Esquilo – Promessa de Lobito; Abelharuco, Koala, Lebre, Papagaio e Tucano – 2ª Estrela; Suricata – Lobito Alerta; Papagaio – Especialidade de Habilidade Manual; Borboleta e Papagaio – Especialidade de Conhecimento de Religiões; Tartaruga – Especialidade de Campista; Borboleta, Koala e Tucano – Especialidade de Artes Plásticas; Beija-Flor, Joaninha e Lebre – Especialidade de Atleta; Suricata – Especialidade de Desportos de Aventura.
Parabéns: Filipe – Compromisso de Honra e Lenço ao Pescoço; Inês – Compromisso de Honra; Maria – 2ª Etapa da Tribo de Escoteiros; Vitória – Especialidade de Campista; Gonçalo – Especialidade de Desportos Colectivos; Artur – Especialidade de Conhecimento de Religiões.
Parabéns: Diana e Camila – Compromisso de Honra (Tribo de Exploradores).
Parabéns: Inês Soares – Investida como Escoteira Chefe de Clã.
Parabéns: Martinho – que colocou mais uma estrela na Bandeira de Grupo.

Um enorme obrigado aos que marcaram presença (em especial ao Grupo 122, à representante da Câmara Municipal de Cascais, Filipa Máximo, e ao representante da Junta de Freguesia de Cascais, Marcelo Santos) e também aos que contribuíram para o almoço-convívio, para o ano queremos mais chamuças!!!

PARABÉNS 107!
B-R-A-V-O!
BRAVO, BRAVO, BRAVO!

Raid de São Martinho 2016

img_6390

Se há actividade que caracteriza o 107 essa actividade é o Raid de São Martinho (RSM)! É uma tradição que marca o Grupo e à qual ninguém gosta de faltar. Para os novos elementos, é uma primeira experiência que marca o seu futuro escotista e para os velhos elementos do Grupo serve para relembrar histórias engraçadas e fazer com que, aqueles que entraram agora para o movimento, sintam o verdadeiro espírito escotista.

Para este ano, decidimos que o início do RSM seria em divisão. Por isso, o Clã e as Tribos começaram a actividade na sexta-feira (dia 11) cada um em seu sítio da Serra de Sintra. A Alcateia começou no sábado de manhã, na Peninha. Seguiram para Almoçageme, local escolhido para as divisões convergirem. Depois do almoço, por volta das 13h, seguimos todos para a Adraga. Montámos campo e preparámos toda a logística para a noite!

Por volta das 19h30, começou o jantar! Claro que não faltaram o caldo-verde (sempre bom para nos aquecer!), as castanhas assadas, o chouriço assado e o bolo do caco com manteiga d’alho (tarefa que ficou encarregue ao Clã Hekate – passaram no teste!). O serão ainda foi longo, com o Fogo de Conselho a encerrar a noite de chuva.

No domingo (dia 13), logo pela manhã, houve a ginástica matinal em Grupo (outra tradição do Raid de São Martinho) e de seguida foi a desmontagem e limpeza do campo. As cerimónias foram o momento seguinte. Da Alcateia, tivémos a Raposa a receber a especialidade de Animação; da Tribo de Escoteiros, o António recebeu a 1ª etapa e fez assim o seu Compromisso de Honra; e da Tribo de Exploradores tanto a Jiji como a Carolina Magalhães receberam a 1ª etapa renovando assim, perante o Grupo, os seus Compromissos de Honra. Parabéns a todos!

Para terminar o Raid de São Martinho, o Grupo seguiu para o Cabo da Roca pela Praia da Ursa – outra tradição que permanece nesta actividade! Para além da vista fantástica que nos rodeia, a entreajuda e a união são sempre visíveis. Em 2017, como sabem, lá estaremos!

Limpeza de praias – Patrulha Cisne

12512744_824820130955360_2449232204247948425_n

“No dia 2 de Abril, a patrulha Cisne organizou uma actividade para melhorar o ambiente de Cascais. Equipadas com luvas e sacos de lixo de 50 litros, trabalharam em três áreas diferentes: num parque, na zona do Abano e nas praias de Cascais.

Só num parque na Costa da Guia recolheram 6 sacos cheios de lixo. Ainda na parte da manhã, no Abano, onde havia muito lixo que o mar tinha devolvido à costa, as Cisnes encheram 4 sacos de lixo. Encontraram muitas cordas, material dos pescadores e muitos plásticos.

Depois de uma pausa e de um merecido almoço para recuperar energias, as Cisnes continuaram a sua actividade. Foram para as praias de Cascais, onde, apesar do pouco lixo, trabalharam debaixo de chuva. Juntaram cerca de 3 sacos. Perderam muito tempo a tentar retirar um pneu encalhado nas rochas, mas sem sucesso.

Ao todo apanharam 13 sacos cheios de lixo, com um total 27,3 kg.

No final do dia, as Cisnes sentiram que tinham cumprido a sua missão, ao mesmo tempo que se divertiram em patrulha!”

Carolina Magalhães, Guia Patrulha Cisne

Caminhada dos Pais e Amigos

IMG_4874

No passado dia 19 de Junho o Clã promoveu uma caminhada para pais e amigos!

Nesta caminhada, o Clã optou por realizar uma pequena rota de Cascais – PR 4 Rota do Litoral do Guincho. Isto porque normalmente percorremos rotas por todo o país e mundo mas acabamos por nos esquecer das que estão junto de nós.

Iniciámos a caminhada no parque das merendas do Guincho rumo ao Forte do Abano. Passámos pelas Arribas do Guincho e continuámos até Almoinhas Velhas. Aqui entrámos numa parte do percurso um pouco mais citadina onde conhecemos o interior da Malveira da Serra e entrámos novamente num pequeno caminho que nos levou à Charneca, acompanhando a Ribeira da Foz do Guincho. Daqui descemos novamente até ao parque de estacionamento do Guincho onde terminou a caminhada.

Durante três horas pais, amigos, escoteiros e lobitos fizeram o percurso com um ar animado, procurando espantar o calor que se fazia sentir.

Obrigado a todos os que participaram nesta caminhada. Até uma próxima!

P.S – Caso estejam interessados em realizar outras caminhadas por Cascais/Sintra podem encontrar mais informação no site da Câmara: http://www.cm-cascais.pt/percursos-pedestres

Tribo Korowai – Actividade de Páscoa

12900055_10207771291873619_203402820_n

A Aventura de Páscoa da Tribo Korowai realizou-se entre os dias 19 e 23 de Março. Teve lugar na Serra de Monchique, Algarve. No início do raid, a Maria e o Artur tiveram a função de orientar a Tribo, com carta e bússola, até à Picota.

No segundo dia caminhamos então até ao Navete, local onde iríamos pernoitar. Na manhã seguinte quando acordámos, a Tribo Korowai deparou-se com uma grande reviravolta nas suas botas. Estas estavam todas enrodilhadas devido à tempestade que houve na noite anterior. Já com as botas todas nos pés certos foi hora de começar a usar a sola, em direcção à Foia!

Na Foia, a Tribo Korowai ficou bastante desiludida com o tempo que estava, porque este incapacitou-nos de apreciar a vista magnífica do ponto mais alto do Algarve! Mas não tivemos tempo para ficar a chorar e seguimos então pelo Trilho das Cascatas onde acabamos por pernoitar.

Terminada a mística, e já muito perto do fim da actividade, foi entregue durante um ritual o osso do Inter-Patrulhas à Patrulha Cisne.

Não podíamos terminar esta notícia sem fazer um agradecimento especial ao comandante dos bombeiros de Monchique, Rui Lopes, e ao Presidente da Câmara de Monchique por nos terem disponibilizado um autocarro para que conseguíssemos estar a horas em Lisboa. Agradecemos também ao condutor do autocarro, o Sr. Armando, que nos fez chegar em segurança a Portimão!

Actividade de Páscoa – Clã na Madeira

12957372_10208310221460410_1297766697_n

“Eu sou um pedaço de terra no meio de um grande oceano e, dos dias 19 a 23 de Março, recebi o Clã Hekate que me ficou a conhecer de Norte a Sul. Passaram por levadas e pelos picos mais altos (Pico Ruivo – 1861 metros – e Pico do Arieiro – 1810 metros) e no Funchal provaram desde a comida típica (o bolo do caco e as frutas, como o maracujá e a banana) à bebida (vinho da Madeira, poncha, pé de cabra, nikita e brisa maracujá), que eu cá tenho para oferecer.”

O Clã Hekate está muito agradecido por todo o apoio e hospitalidade proporcionado pelo Agrupamento 1353 da Ribeira Brava, que nos recebeu de braços abertos, esperamos um dia podermos retribuir da mesma forma.

Caçada de Páscoa em Benavente

Ca+ºadada P+íscoa 170

Entre os dias 19 e 21 de Março, a Alcateia esteve no Parque de Actividades Escotistas de Benavente a realizar a Caçada de Páscoa, sob o tema do 2º trimestre: Harry Potter.

No sábado, dia 19, a Alcateia chegou a Benavente por volta das 11h15 e, mesmo debaixo de alguma chuva, partiu a pé até ao campo. Assim que chegámos, fomos conhecer o parque escotista e montámos campo. A seguir ao almoço, e após a chuva dar algumas tréguas, a Alcateia aproveitou para fazer alguns jogos e meter o corpo a mexer. De seguida, foi hora de realizar a última Dança da Selva, a Morte de Shere-Khan. Antes da preparação do jantar, ainda houve tempo para assinar alguns desafios.

Enquanto alguns lobitos ajudavam na confecção do jantar, outros ajudaram a montar a fogueira que nos aqueceu nessa noite. Depois da deliciosa refeição, deu-se início à mística da Caçada. A Alcateia teve como tarefa procurar os ingredientes que ajudavam na realização de uma poção muito importante.

No dia seguinte, durante a parte da manhã, a Alcateia relembrou e aprendeu vários nós – nó direito, nó de escota, nó de correr e nó de pescador, realizando depois por bandos o jogo da Barra dos Nós. O pioneirismo continuou pelo resto da manhã: após o jogo, a Alcateia foi aprender a fazer a volta de fiel e em bandos construíram tripés que puseram à prova os seus conhecimentos. Passaram com distinção!

Após o almoço, a Alcateia saiu de campo e recebeu uma mensagem muito importante dos feiticeiros: tinham de realizar um croqui daquela zona. Mais uma vez, realizaram a prova sem quaisquer problemas! O dia terminou em Rocha do Conselho.

A manhã seguinte foi dedicada à desmontagem e limpeza do campo. Depois do almoço, e para finalizar a mística do trimestre, aconteceu o Grande Torneio M.A.G.I.C! Os bandos que saíram vencedores e receberam o grande troféu (um baú cheio de doces!) foram o Branco e o Ruivo. No entanto, a Alcateia sabe que deve sempre partilhar, portanto os doces foram para todos e todos saíram vencedores do Grande Torneiro M.A.G.I.C! De seguida, realizaram-se as cerimónias da Alcateia. Parabéns à Gata e ao Esquilo que fizeram as suas promessas de Lobito e colocaram ao pescoço o lenço do 107!

Depois de uns dias bastante atarefados e cheios de momentos de conhecimento e diversão, terminou mais uma Caçada. A Alcateia mostrou a fibra de que é feita, fez frente à chuva, adquiriu e consolidou vários conhecimentos e acrescentou mais noites de campo à sua História!

« Older Entries