Insígnia Associativa e Saudação Escotista

O aperto de mão escotista
Baden-Powel ao longo da sua vida conviveu com bastantes tribos em África, adoptando assim a maneira como se cumprimentavam os guerreiros de uma tribo na África do Sul. Os guerreiros carregavam o escudo na mão esquerda e a lança na mão direita, pousavam os escudos, única defesa, como sinal de confiança no outro. Estes guerreiros cumprimentavam-se com a mão esquerda pois era o lado do coração. Hoje em dia todos os escoteiros cumprimentam-se com a mão esquerda como sinal de confiança, e a lança foi substituída pela vara. Existe ainda um sinal que os escoteiros utilizam que é o cruzar o dedo mínimo.

 

A saudação escotista

A saudação escotista é um sinal de amizade utilizado mundialmente pelos escoteiros. A saudação executa-se com a mão direita, colocando o polegar sobre o mínimo e erguendo os outros dedos. Os dedos erguidos simbolizam os três artigos do compromisso de honra, o polegar sobre o mínimo simboliza o sentimento de protecção do escoteiro mais forte pelo escoteiro mais fraco e forma o elo de união e fraternidade entre todos os escoteiros.

 

A insígnia associativa

A flor de lis é a base de todas as associações de escoteiros, em cada país, acrescentam-lhe elementos que possam identificar facilmente de que país se trata. As pétalas superiores são os artigos do compromisso de honra. Na pétala do meio existe uma linha vertical que simboliza o Norte, o rumo certo, o bom caminho que deve orientar a tua vida. As estrelas nas pétalas laterais, mostram os olhos sempre atentos que o escoteiro deve ter. A anilha que prende as pétalas é o símbolo da fraternidade mundial entre os escoteiros. O escudo sobreposto à flor-de-lis é o escudo português, mostrando assim que é uma associação portuguesa. A insígnia tem ainda inscrita a divisa “Sempre Pronto” que é a divisa da A.E.P. O listão tem as pontas voltadas para cima, como o sorriso de um escoteiro porque ele cumpre o seu dever com um sorriso e boa vontade. Por último o nó que pende do listão serve para recordar a boa acção diária.

insignia1

Para consultar o documento, clicar AQUI.